16 de set de 2016

As regras que o garupa deve obedecer


Todo motociclista já teve um garupa ruim pelo menos uma vez. Além de acabar com todo o prazer da pilotagem, coloca a segurança em risco e torna o passeio estressante antes mesmo do início. Veja as doze regras que todo garupa deve saber (compartilhe com seu grupo).
  1. Antes de subir na moto, avise ao piloto para que ele se prepare para o peso extra;
  2. Incorpore os movimentos do piloto quando a moto estiver em movimento;
  3. Junte-se ao corpo do piloto o máximo que puder, mas não o empurre para frente;
  4. Evite conversar ou apontar coisas sem importância durante a pilotagem;
  5. Nunca atrapalhe a visão pelos retrovisores;
  6. Evite mudar a posição da cabeça e do corpo frequentemente. Quando precisar, faça-o suavemente;
  7. Não fique reclamando da condução, isso pode deixar o piloto nervoso e desconcentrado;
  8. Nunca se distraia demais ou adormeça. Por incrível que pareça, isso é fácil em viagens longas;
  9. Nas paradas, não tente colocar o pé no chão. O apoio do peso é feito pelo piloto;
  10. Nas freadas, segure firme no apoio de passageiro, não faça movimentos laterais e prenda com força os joelhos no quadril do piloto;
  11. Avise sobre riscos iminentes caso tenha certeza que o piloto não tem noção deles;
  12. Mantenha-se atento: frenagens, desvios, lombadas e buracos quase sempre são imprevisíveis.
Uma última regra, não menos importante: o garupa merece todos os equipamentos de segurança disponíveis, afinal, ele está sujeito aos mesmos riscos do piloto. Economizar na compra dos equipamentos do garupa não é boa ideia.